E quando é o entrevistador que não está preparado para a entrevista?

E quando é o entrevistador que não está preparado para a entrevista?

Um entrevistador também deve respeitar regras e posturas durante uma entrevista de modo a respeitar e preservar um candidato a uma vaga de emprego

Você já reparou como existem tantas recomendações para candidatos sobre cuidados e posturas que eles devem ter na hora de uma entrevista a uma vaga de emprego? Por outro lado, você já reparou que é raro se falar em recomendações e cuidados para os entrevistadores, sobre como eles devem conduzir uma entrevista de um candidato?

Deve ser até por esse motivo que, infelizmente, se ouve ou se lê comentários negativos sobre entrevistadores. Claro que não se pode generalizar. Um ponto positivo que não se pode deixar de dizer é que, felizmente, esses comentários nunca envolvem profissionais de consultoria especializada, e acontecem mais em casos nos quais os executivos da empresa contratante são envolvidos no processo de seleção.

Olhem só o que se ouve de comentários.

Entrevistadores não se preocupam em escolher bem um local para a entrevista. Alguns profissionais costumam agendar entrevistas para praças de alimentação de shopping centers ou em bares, em horário de grande movimentação o que pode de certa forma inibir o candidato diante de olhos e ouvidos de pessoas sentadas na mesa ao lado. Deveria haver um cuidado em agendar um encontro em local mais reservado.

Entrevistadores não cumprem o horário agendado e chegam atrasados ao encontro. Já que pontualidade é um item de etiqueta profissional muito importante em todas as situações porque um entrevistador, que representa uma empresa, não segue à risca e assim causa uma boa impressão no candidato? Assim, o ideal é que o horário seja cumprido. E se a entrevista estiver marcada para o escritório da empresa é conveniente não deixar o candidato esperando, avisando-o com antecedência que irá se atrasar por alguns minutos, e pedindo a alguém que o conduza a algum lugar mais apropriado para aguardar a sua chegada.

Entrevistadores não se desligam das suas atividades normais durante a entrevista. Muitos profissionais deixam seus celulares ou fones de mesa ligados, deixam seus colegas de empresa entrar na sala. Isso cria interrupções da entrevista, muitas vezes provocando uma pausa inoportuna durante a explicação de algum detalhe importante.

O pior dos comentários: além da falta de postura dos entrevistadores, muitas vezes eles parecem não estar preparados para a entrevista. Não sabem fazer perguntas aos candidatos, falam errado, falam gírias e palavrões, parecem que não conhecem a empresa na qual trabalham, o que ela produz, onde ela tem unidades, escritórios, etc.

Pior ainda quando um entrevistador começa a fazer comentários irônicos ou sarcásticos sobre a empresa ou falar mal de seu salário ou colegas de trabalho. Desanimador para o candidato, que surpreso pode até dar alguns conselhos para o entrevistador.

Bom, como se vê, esses exemplos podem revelar uma falha por parte da empresa que está recrutando ao permitir que sejam envolvidos profissionais não preparados ou que não zelam por uma boa imagem da empresa junto aos candidatos.

Já para um candidato, e que pode ser o seu caso, uma falha demonstrada pelo profissional que está conduzindo a entrevista deve ser relevada ao máximo, ou seja, um candidato deve manter sua postura, cumprindo o seu papel, respeitando horários, superando barreiras de interrupções, enfim, evitando se envolver em comentários maldosos contra a empresa, ainda que venha a ser prejudicado durante o processo estando, por exemplo, sujeito a uma eliminação de um processo por falha do entrevistador.

Redes Sociais

linkedinfacebooktwitter

Siga-nos e fique por dentro das nossas novidades.

 
 

Ligue para (51) 3061-6005

Horário de funcionamento: 8h às 17h e 30min
De Segunda a Sexta

Rua dos Andradas, 1276 - 9º Andar
Bairro: Centro - CEP: 90020-008
Porto Alegre - RS